Loading...

domingo, 14 de novembro de 2010

Ainda sobre a Felicidade!!!

Boa noite queridos amigos!

Estava tentando postar um vídeo sobre a felicidade,no aqui e agora, e eis que meu querido Bosco me envia um texto belíssimo sobre o mesma tema (ahh... essa nossa inexplicável sintonia) e claro repasso a vocês com meu carinho:
#O fato de ser feliz ou não, só depende de nós. Somos a única pessoa da qual depende a nossa felicidade. Devemos firmemente nos terminar ser feliz em cada situação e em cada momento da nossa vida, pois se nossa felicidade depender de alguma pessoa, coisa ou circunstância, estamos com sérios problemas a todo os instantes. Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o corpo, o clima, o humor, os prazeres, os amigos, a saúde física e mental. E assim poderia citar uma lista interminável. Nós decidimos ser feliz, e ponto final! Se tenhamos hoje a casa vazia ou cheia: podemos ser feliz assim mesmo. Se sairmos acompanhados ou a sós: podemos ser feliz assim mesmo, e ponto final! Se o emprego é bem remunerado ou não: podemos ser feliz! Somos felizes por nós mesmos. As demais coisas, pessoas, momentos ou situações, chamamos de "experiências que podem ou não nos proporcionar momentos de alegria e tristeza”. Quando alguém que amamos nos deixa, podemos continuar feliz mesmo num momento inevitável de tristeza. Aprendemos com as experiências passageiras e vivamos as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar. Há pessoas que dizem: “hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito freio ou muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque as pessoas não são como eu esperava, porque meus filhos não me dão tanta importância, porque meus amigos não me fazem felizes, porque minha aposentadoria é pouca...”, e por aí vai. Vamos amar a vida que temos, mas não porque nossa Vida é mais fácil do que a dos outros. Vamos amar a Vida porque decidimos ser feliz como indivíduos nos responsabilizando pela nossa própria felicidade. Quando tiramos essa obrigação das costas das outras pessoas e das coisas materiais, ficamos livres do peso de sermos dependentes das coisas de fora. A nossa Vida fica muito mais leve. E é dessa forma que conseguimos nos relacionar melhor conosco e com as pessoas e coisas ao nosso redor. Não devemos deixar nas mãos de ninguém uma responsabilidade tão grande quanto a de assumir e promover a nossa própria felicidade! SEJAMOS FELIZES mesmo que faça calor, mesmo que estejamos doentes, mesmo que não tenhamos dinheiro, mesmo que alguém tenha nos machucado, mesmo que alguém não nos ame ou não nos dê o devido valor. “Agradeçamos ao Universo/Deus/Espírito Maior que nos dá a serenidade para aceitar as coisas que não pode mudar, coragem para modificar aquelas que podem ser mudadas e sabedoria para conseguir reconhecer a diferença que existe entre elas.” AMÉM! (Bosco Freire). - Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário